Dietas

15/07/2014 04:00 - Atualizado em 04/12/2016 04:54

Dieta antiestresse vence a ansiedade e ainda queima calorias

A dieta antiestresse aposta na nutrição funcional e em pratos coloridos e saudáveis.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O mundo moderno reserva surpresas nada agradáveis ao nosso dia a dia: há pressão por todos os lados, seja no ambiente familiar ou profissional, seja a corrida contra o tempo ou mesmo a autocobrança que é bastante comum. Diante desta vida agitada, cuidar da alimentação ganha ainda mais importância e aderir a uma dieta antiestresse vira uma necessidade para dar conta de tudo e prevenir doenças.

Como funciona a dieta antiestresse

Ao deixar a angústia e a ansiedade tomarem conta, surgem as desordens hormonais que acabam interferindo na alimentação, pois alteram os mecanismos de fome e a sensação de saciedade. Como resultado, comemos mais do que o necessário. A dieta antiestresse controla este mau hábito de encher o prato sem necessidade.

dieta-antiestresse

Foto: Shutterstock

Não tem como fugir desta realidade: o acúmulo de compromissos, responsabilidades demandas no ritmo atual levam o corpo a cobrar seu preço. Nosso organismo precisa de mais energia. Estudos sobre novos hábitos modernos indicam que o estresse provoca uma descarga de adrenalina, noradrenalina e cortisol, o que faz com o que o corpo fica em alerta. Assim, há um impacto direto sobre a produção de leptina, que é o hormônio da saciedade.

O resultado disso tudo? Nosso organismo não se satisfaz tão facilmente e precisa ir além das refeições saudáveis e balanceadas. Com isso, aumenta o consumo de doces e carboidratos, como massas, que proporcionam uma aparente sensação de bem-estar e tranquilidade. Não custa lembrar que os efeitos tendem a ser sentidos na balança, com o aumento de peso.

 

A estratégia da dieta antiestresse

Equilibrar a alimentação é a estratégia da dieta antiestresse para enfrentar o dia a dia com mais saúde e energia. Ela propõe um cardápio balanceado e rico em alimentos que regulam os níveis de serotonina no cérebro, responsável pela sensação de bem-estar.

A dieta antiestresse aposta na nutrição funcional, valorizando as frutas, vegetais, cereais integrais, leguminosas, peixes e carnes magras. Outra de sua característica é preparar pratos sempre muito coloridos.

A alimentação da dieta antiestresse também é rica em triptofano (um aminoácido fundamental para o organismo e encontrado em queijos, castanhas, feijão, ervilha e frutas diversas), além de fontes de ômega-3 (peixes, chia, linhaça e nozes) e de vitamina B6 (melado, leite e ovos).

Agora, a melhor da notícia da dieta antiestresse é que ela não é indicada apenas para melhor enfrentar o esgotamento físico e mental. Como toda dieta, ela pode fazer você emagrecer! Que tal você se sentir mais calma, não passar fome e ainda perder aqueles quilinhos extras. Parece perfeito, não?

Monte seu cardápio na dieta antiestresse

- Café da manhã: defina seu cardápio contando com opções como suco verde, pão integral, castanha do Pará, suco de maracujá, sementes de abóbora, suco de açaí, patê de tofu e amêndoas.

- Lanche da manhã: as opções na dieta antiestresse incluem iogurte desnatado com aveia, banana com aveia e também abacate. Escolha uma opção para cada dia.

- Almoço: abuse das saladas verdes, prefira arroz integral, frango ou peixe grelhado, legumes cozidos, pequena quantidade de feijão ou lentilha.

- Lanche da tarde: mousse de abacate e cacau, chá verde e torradas, uma fruta e iogurte desnatado com quinua em grãos são boas opções.

- Jantar: saladas verdes seguem como alternativa, além de arroz integral, peixes, frango grelhado, legumes cozidos, salada de soja e omelete de vegetais.

 

(*Os testes foram desenvolvidos pela A.D.A.M., considerada por hospitais e organizações internacionais como a fonte mais confiável da informação multimídia sobre saúde).

 

Você sofre de estresse no seu dia-a-dia? Quais são as dicas que você poderia dar à outras pessoas para eliminar o estresse diário?

 

 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ