Dietas

30/10/2014 04:39 - Atualizado em 05/12/2016 04:13

Conheça a dieta mediterrânea e veja uma sugestão de cardápio

Dieta mediterrânea conquista adeptos com vários benefícios para o organismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dieta mediterrânea permite uma alimentação saborosa e rica em nutrientes. Nela são indicados o consumo de hortaliças, frutas, legumes, cereais, nozes, pães e sementes, produtos derivados do leite como iogurtes e queijos, proteínas do peixe, frango e carne vermelha (raramente) e o vinho tinto diário, sendo liberada apenas uma taça da bebida.

Os alimentos consumidos no cardápio são ricos em gorduras do bem. Essas gorduras são encontradas nos alimentos como peixes, azeites e proteínas vegetais (lentilha, grão de bico e feijão e soja). Deixando as saladas ainda mais gostosas, é recomendado o uso do azeite de oliva para temperar as hortaliças e legumes.

dieta-mediterranea

Benefícios da dieta mediterrânea

Além de emagrecer, a dieta mediterrânea traz diversos benefícios. Descubra alguns:

- O ômega-3 encontrado nos peixes faz com que você esteja livre de processos inflamatórios.

- Ricos em fibras, os vegetais e frutas encontrados na dieta ajudam o intestino a funcionar bem, deixando de lado todos os possíveis problemas intestinais como prisão de ventre ou diarreias.

- Os cereais consumidos nas refeições garantem que o seu corpo tenha mais energia para praticar as atividades diárias.

- Para quem faz a academia, a dieta mediterrânea pode trazer benefícios. Além de dar muita energia, os alimentos como peixes, ovos e aves encontradas na dieta são ricos em proteína, substância que auxilia nos ganhos de massa muscular.

- Os mesmos alimentos, ovos, peixes e aves contêm aminoácidos, substâncias que ajudam a manter a imunidade em alta.

- Alimentos como vegetais, frutas, leguminosas e legumes ajudam na diminuição do colesterol.

Cardápio da Dieta Mediterrânea

dieta-mediterranea

Café da Manhã
1 fatia de pão integral light + 1 colher de chá de creme de ricota
200 ml de suco de soja sem açúcar de pêssego.

Lanche da Manhã
1 maçã gala.

Almoço
1 prato de salada de escarola com ½ manga picada + 1 colher de sobremesa de azeite extravirgem
2 colheres de sopa de arroz integral
2 colheres de sopa de ervilha fresca
1 filé de salmão com molho de maracujá
200 ml de suco de uva integral

Lanche da Tarde
1 taça de salada de frutas + 1 colher de sopa de granola light

Jantar
1 prato de salada de folhas + 1 colher de café de azeite extravirgem
1 prato raso de macarrão integral com atum
100 ml de vinho tinto seco.

Ceia
1 xícara de chá de jasmim + 2 castanhas de caju.

Dicas para a dieta

- O lanche da dieta mediterrânea pode ser alternado, e o consumo de castanhas, nozes e amêndoas é uma boa opção de troca.

- Os peixes devem ser consumidos por pelo menos 3 vezes por semana. Dê preferência para a tilápia, a sardinha e o salmão, os três tipos mais indicados.

- Deixe o frango e a carne vermelha de lado. Consuma essas proteínas somente duas vezes por semana. Lembre-se de escolher versões menos gordurosas.

- As proteínas como carne vermelha, peixes e frango devem ser grelhadas para o consumo na dieta mediterrânea.

Gostou das nossas dicas de nutrição? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dieta
dieta mediterrânea
emagrecer
nutrição

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ