Dietas

04/09/2015 08:07 - Atualizado em 28/11/2016 07:33

Alimentos reguladores são essenciais para a dieta

Eles são capazes de prevenir doenças e fortalecer unhas, cabelos e ossos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Não somente de exercícios é feita a vida saudável. O que você coloca no prato diariamente influencia de forma direta na maneira como seu corpo trabalha. Os alimentos reguladores, por exemplo, são fundamentais para prevenir doenças e melhorar as funções do organismo.

Praticamente todos os nutrientes, vitaminas e minerais necessários para a manutenção da saúde estão presentes nas frutas, nos legumes e nas verduras. Veja quais são os principais alimentos que auxiliam nesse processo e saiba como incluí-los no cardápio.

cesta com alimentos reguladores, macas

Propriedades e funções dos alimentos reguladores

Os alimentos reguladores são aqueles que auxiliam na digestão de proteínas, carboidratos e  gorduras. Eles são fonte de minerais como cálcio e ferro, além das vitaminas.

Saiba Mais
Creme de manga é sobremesa leve e refrescante
Chá de abacaxi e gengibre acelera o metabolismo: Aprenda a fazer
Laranja melhora a digestão e faz bem para a pele

Podem ser divididos em dois grupos. Os solúveis em água, como a vitamina C e as do complexo B, devem ser consumidas diariamente, pois o organismo não os acumula. Já os solúveis em gorduras são as vitaminas A, D, E, e K, as quais o corpo conserva e consome por mais tempo.  

Dentre as principais funções dos alimentos reguladores estão a manutenção da saúde da pele, do trato intestinal, dos cabelos e das unhas. É o consumo desses nutrientes que mantém a visão boa, que distribui a água consumida de forma correta pelo corpo e que fornece nutrientes para os músculos durante as atividades físicas.

São os nutrientes presentes nos alimentos reguladores, também, os responsáveis pelo crescimento saudável das crianças.

Principais alimentos reguladores

Entre as hortaliças, estão agrião, alface, acelga, almeirão, brócolis, champinhom, chicória, couve, erva-doce, escarola, espinafre, jiló, nabo, pimentão, palmito, pepino, rabanete, repolho, rúcula e salsão. Desses alimentos, é possível servir até um prato de sobremesa por dia. Tome cuidado caso você os tempere com óleo, pois as calorias aumentam.

Outros vegetais que fazem parte dos alimentos reguladores são abóbora, abobrinha, alcachofra, berinjela, beterraba, chuchu, couve-flor, cenoura, ervilha, quiabo e vagem. Essas, por serem um pouco mais calóricas, são indicadas para uma quantidade diária de um pires de chá.

As frutas ganham uma atenção especial. É possível combinar mais de um fruto por dia no cardápio, em porções pouco calóricas. Confira a seguir as quantidades médias recomendadas de cada uma.

alimentos reguladores abacaxi

- Abacate: duas colheres de sopa

- Abacaxi: uma fatia média

- Ameixa: duas unidades médias

- Maçã: uma unidade média

- Mamão papaia: meia unidade

- Banana-maçã: uma unidade pequena

- Banana-nanica: uma unidade pequena

- Manga: uma unidade pequena

- Maracujá: uma unidade média

- Caju: uma fruta grande

- Melão: uma fatia grande

- Caqui: uma unidade pequena

alimentos reguladores laranja- Tangerina: uma unidade média

- Morango: 10 unidades

- Laranja: uma unidade grande

- Pêssego: uma unidade média

- Uva: um cacho pequeno.

Você consome frutas, verduras e legumes regularmente? O que você está esperando para adotar um cardápio mais variado? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir outras dicas de alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
organismo
saúde
nutrição
vegetais

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ