Dietas

27/06/2015 10:12 - Atualizado em 07/12/2016 07:13

Alimentos industrializados fazem mal? Tire suas dúvidas

Congelados, doces, refrigerantes e frituras são alguns dos alimentos industrializados que devem ser evitados.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Na pressa do dia a dia, por vezes, acabamos consumindo alimentos industrializados e processados, como congelados, doces, refrigerantes e frituras. Apesar de eles serem práticos, é preciso ter cuidado: a maioria possui grandes quantidades de açúcar e conservantes, o que pode trazer prejuízos tanto à sua dieta quanto à sua saúde.

Segundo a nutricionista Michele Blankenheim, os alimentos industrializados geralmente têm adição de antioxidantes, acidulantes, adoçantes e aromatizantes artificiais, cujo objetivo é evitar a deterioração da comida. Veja a seguir dicas para fugir dos processados e alimentar-se de forma saudável.

alimentos industrializados

Tabela nutricional dos alimentos industrializados

Michele explica que os aditivos presentes nos alimentos industrializados são capazes de nos enfeitiçar, pois ressaltam sabores e cheiros, alteram a cor e aparência do produto, deixando o resultado final colorido, adocicado, cremoso ou macio. Atraente, mas nem sempre saudável.

Para promover uma alimentação saudável, o Ministério da Saúde lançou em 2015 o Plano Nacional de Redução de Sódio em Alimentos Processados que conseguiu reduzir em até 10% o teor de sódio presente em mais de 800 produtos.

Desde 2011 a 2014, o compromisso entre o órgão e a Associação das Indústrias da Alimentação (Abia) possibilitou que fossem retiradas mais de 7 mil toneladas de sódio dos produtos alimentícios.

Até 2020, a meta é de redução de 28 mil toneladas de sal do mercado brasileiro, de acordo com as indústrias do setor. Segundo dados da Vigitel (Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico), em 2014, a população brasileira ainda apresentava pouco entendimento em relação ao consumo excessivo de sal.

O dado foi constatado após 47,9% dos entrevistados considerarem seu consumo de sal adequado. Apenas 2,3% admitiram ter um consumo além do indicado.

Os malefícios dos alimentos industrializados

Segundo Michele Blankenheim, os alimentos industrializados possuem altos índices de processos químicos em sua composição. Os acidulantes, por exemplo, podem levar à descalcificação de ossos e dentes. Outros aditivos costumam afetar as funções gastrointestinais, podendo causar alergias.

"Esses alimentos refinados possuem muitas calorias e pouco valor nutricional, ou seja, engordam e não alimentam. Sem contar que o sabor agradável causa uma sensação de dependência, aumentando o consumo”, alerta a nutricionista.

Se você se alimenta principalmente de comidas do tipo fast food, come em lanchonetes e consome alimentos industrializados, pode perder a energia. Mesmo sem exercício algum, o seu corpo fica exaurido, torna-se difícil a concentração, a inspiração e a resolução de problemas. Além disso, o consumo de processados pode aumentar a letargia - a preguiça incontrolável - e reduzir a motivação.

Entre eles, está o considerado um dos maiores vilões da alimentação: o refrigerante dietUm estudo publicado pela revista científica Diabetes Care, em 2012, apontou que ingerir diariamente o refrigerante diet pode aumentar os riscos do desenvolvimento do diabetes tipo 2 e da síndrome metabólica.

Alternativas mais saudáveis

A nutricionista Michele Blankenheim indica que a melhor alternativa na hora da refeição é sempre optar por alimentos “de verdade”, com produtos provenientes da terra. “Comer mais comida e menos coisas que vêm em latas, potes e embalagens plásticas”, sugere.

Além disso, a especialista aconselha a adesão a produtos integrais e naturais, como as frutas, que, segundo Michele, são mais saudáveis e podem até possuir melhor custo-benefício.

Que tal seguir essas dicas para ter mais saúde à mesa? Deixe um comentário! E fique por dentro das novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
alimentação saudável
sódio
fast food
dicas de nutrição

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ