Dietas

08/07/2015 09:09 - Atualizado em 28/11/2016 05:27

Alimentos congelados: Tenha praticidade sem abrir mão da saúde

Os alimentos congelados em casa são mais saudáveis e não trazem riscos para a saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Alimentos congelados facilitam e muito a vida de qualquer pessoa na cozinha. Que essa é uma forma mais rápida e prática de cozinhar, todos sabem, mas será que é saudável? Quando se trata das opções industrializadas, a resposta é não. Porém, no caso de vegetais e comidas feitas em casa, congelar não traz riscos à saúde e ainda conserva os nutrientes do alimento.

É importante ter alguns cuidados na hora de armazenar os pratos no congelador para garantir os benefícios e evitar qualquer malefício. Saiba como fazer.

Vantagens dos alimentos congelados

Em vez de comprar alimentos congelados industrializados, que contêm grande quantidade de sódio, gorduras, conservantes e corantes, uma boa solução para ter mais praticidade na cozinha é congelar os pratos preparados em casa mesmo. Eles não possuem aditivos químicos que prejudicam a saúde de toda a família.

alimentos congelados

Preparar os pratos para congelar leva algum tempo, mas depois vale o esforço, pois facilita o trabalho em momentos de pressa. A dica é reservar um dia na semana para a preparação, separando os alimentos em pequenas porções. Nos outros dias, basta aquecer a refeição, economizando tempo e evitando o consumo de fast foods e outras opções industrializadas.

Os alimentos congelados também evitam a proliferação de bactérias, tornando-se mais resistentes e durando mais tempo. Além disso, outra vantagem é ter sempre à mão frutas e verduras fresquinhas, mesmo fora do período de safras. O congelamento mantém a qualidade nutritiva dos alimentos.

Como congelar os alimentos em casa

Prepare a comida normalmente, lavando os vegetais de forma adequada e cozinhando-os na temperatura certa. Ainda quente, separe em pequenas porções, pois isso facilita o resfriamento, o descongelamento e o consumo. Coloque em potes ou recipientes limpos e com tampa. Esses cuidados ajudam a evitar contaminações e perda de nutrientes.

É importante esperar a comida esfriar completamente antes de congelar. Se quiser acelerar o processo, você pode resfriar o alimento colocando os potes em recipientes com água gelada e cubos de gelo. Quando estiver frio, leve ao congelador.

Na hora de consumir os alimentos congelados, retire os potes do congelador e deixe na geladeira por cinco horas, ou leve ao micro-ondas. Nunca deixe descongelar fora da geladeira, em temperatura ambiente.

O tempo máximo que uma refeição pode ficar congelada varia de acordo com o tipo de alimento e a temperatura do congelador. O arroz, por exemplo, pode ficar congelado por até dois meses. Já sopas, massas, lasanhas e panquecas, até três meses. O feijão, até um mês.

No congelamento de frutas, elas devem ser limpas e os caroços, retirados. Essa é uma boa opção para utilizar em preparações como bolos, tortas, vitaminas e sucos. Para congelar hortaliças é necessário usar uma técnica chamada de branqueamento, que conserva melhor o sabor, a cor e a textura dos alimentos congelados, além de evitar a proliferação de bactérias.

Para fazer o branqueamento, é preciso lavar corretamente as hortaliças, retirando as partes estragadas. Em seguida, coloque o alimento em água fervente e rapidamente passe-o em água gelada para que ocorra o choque térmico, cessando o cozimento. Depois, é só secar bem e embalar ou colocar em potes.

Alguns alimentos não devem ser congelados, como ovo com casca, maionese, chantilly, iogurte, vegetais folhosos, pudins, batata, pepino, creme de leite e queijos cremosos.

E então, deu para saber se você congela os alimentos corretamente? Deixe um comentário! E aproveite para conferir mais dicas de saúde e alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
alimentação saudável
congelar alimentos
comida caseira
nutrientes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ