Alimentação Infantil

12/07/2015 08:15 - Atualizado em 10/12/2016 11:05

Vovó estava certa: Conheça os benefícios do óleo de fígado de bacalhau

Suplemento favorece o desenvolvimento do sistema nervoso e aumenta a imunidade.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Tempos atrás, era comum as crianças torcerem o nariz para aquela colherada diária de óleo de fígado de bacalhau que os pais as obrigavam a engolir. Aos poucos, esse hábito foi sendo abandonado pelas famílias, mas cada vez mais médicos e nutricionistas têm reconhecido a eficácia da receita de saúde que a vovó já sabia de cor.

O óleo é rico em ácidos graxos ômega 3, que possuem ação anti-inflamatória e antidepressiva. Ele também contém vitamina D, escassa na maioria dos alimentos da nossa dieta, mas importante para o desenvolvimento do sistema nervoso e dos ossos, entre outras funções celulares, aumentando a imunidade.

Por essas razões, o óleo de fígado de bacalhau é visto como um superalimento para crianças. Veja como incluí-lo no dia a dia dos pequenos.

oleo de figado de bacalhau

Óleo de fígado de bacalhau pode ser encontrado em cápsulas

O óleo de fígado de bacalhau apresenta diversos benefícios na infância, quando as crianças estão em fase de crescimento. Nesse período, o principal desafio é o sabor, um pouco desagradável ao paladar infantil.

Uma sugestão é acostumar seu filho desde muito pequeno, começando por gotinhas de óleo de fígado de bacalhau já nos primeiros meses de vida, ou então misturar o suplemento a um iogurte natural batido com frutas. Outra saída é oferecê-lo na forma de cápsulas, embora seja preferível sempre a versão pura, para garantir a qualidade dos nutrientes.

Uma dica importante é verificar se o rótulo do produto especifica a concentração de vitaminas A e D. Na natureza, a proporção de vitamina A no óleo de fígado de bacalhau é dez vezes maior que a de vitamina D. Com essa informação, você pode conferir se o líquido ou as cápsulas que você está comprando guardam as proporções naturais.

Armazenamento exige cuidados

Outro fator importante a se considerar é o grau de oxidação. Os ácidos graxos ômega 3 são necessários para o bom funcionamento do cérebro e têm papel anti-inflamatório e antioxidante comprovados, com repercussões positivas sobre o humor, a dor e o bom funcionamento do cérebro.

Porém, uma vez oxidado, o ômega 3 perde seus benefícios, passando a agredir nosso organismo com radicais livres, podendo aumentar processos inflamatórios.

O que faz o ômega 3 oxidar é a luz e o calor. Portanto, é preciso que o óleo de fígado de bacalhau seja armazenado a temperaturas baixas e sem exposição à luz. Assim, quanto mais opaca for a embalagem, melhor.

Você também pode encontrar esse suplemento em farmácias de manipulação, nas quais você pode pedir ao farmacêutico informações sobre o manejo do produto desde o fornecedor.

Uma colher de chá de óleo de fígado de bacalhau é a dose adequada para o consumo diário de uma criança. Quantidades mais altas que essa somente devem ser ingeridas sob recomendação médica, pois o excesso de vitaminas A e D pode ser tóxico ao organismo.

Você tomava óleo de fígado de bacalhau na infância? Que tal incentivar o hábito em seu filho? Deixe um comentário! E aproveite para conferir mais dicas de alimentação infantil aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
superalimento
vitamina D
ômega 3
paladar infantil

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ