Alimentação Infantil

31/08/2014 08:06 - Atualizado em 06/12/2016 07:15

Veja quais são os 12 piores alimentos para crianças

Saiba como deixar os piores alimentos para as crianças longe do prato do seu filho.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Fazer com que a criança aprecie legumes, frutas e vegetais não é tarefa fácil. Para que ela se acostume aos sabores, por vezes, é preciso um pouco de tempo e paciência. Enquanto o pequeno não adquire o gosto por alimentos saudáveis, o jeito é evitar os que possam ser prejudiciais à saúde dele.

Piores alimentos devem ser riscados do cardápio

Comidas ricas em gordura, açúcares e corantes, em geral associadas às adoradas guloseimas, precisam ser evitadas. Do contrário, seu filho estará mais exposto a problemas como obesidade ou má-nutrição, diabetes e até câncer.

piores-alimentos

Risque do cardápio da molecada os 12 piores alimentos:

Os piores alimentos para as crianças

1 - Refrigerante: a maioria dos pais sabe que a bebida não traz benefícios à criança – pelo contrário, é um dos agentes que mais contribui para o sobrepeso infantil. Mesmo assim, muitos são permissivos. É importante salientar então que as bebidas gaseificadas concentram altos níveis de açúcar e sódio. Com isso, podem provocar o aumento de peso e, inclusive, problemas de coração

Os refrigerantes de cola costumam trazer também ácido fosfórico em sua formulação. Com isso, restringem a absorção de cálcio pelo corpo, enfraquecendo ossos. Não se iluda com as opções diet, light e zero: a presença de adoçantes como aspartame e ciclamato de sódio é associada a processos cancerígenos. Enfim, refrigerante, como já se suspeitava, lidera o ranking dos piores alimentos para seu filho.

2 - Batata frita: outro item que integra a lista de favoritos da criançada, mas que pode ser altamente danoso ao organismo. O problema está no fato de o alimento ser frito. É que, quando o óleo é exposto a altas temperaturas, sofre um processo chamado de glicação, fenômeno que vem sendo estudado por sugerir relação com enfermidades cardíacas e câncer.

3 - Macarrão instantâneo: Constituído basicamente de sódio e de conservantes, não oferece nenhuma vitamina, logo, não atende às necessidades nutricionais diárias da criança, portanto encare-o como deve ser e não como uma solução rápida para o seu dia a dia corrido: um dos piores alimentos a serem dados às crianças.

4 - Pizza congelada: O problema é, mais uma vez, o sódio, cujo consumo excessivo pode ocasionar aumento da pressão e doenças renais.

5 - Salsicha: Processada, a carne do principal ingrediente do hot dog tem quatro vezes mais sódio que a não-processada, além de reunir conservantes à base de nitrato. Em suma: os riscos de ataque cardíaco e diabetes são maiores entre os que comem salsichas com frequência.

6 - Empanado de frango: Também preparado com carne processada, não oferece as proteínas necessárias. Fritos, aumentam as chances de desenvolver pressão alta.

7 - Hambúrguer congelado: Outro que endossa a relação dos piores alimentos, é carregado de gordura trans, componente que aumenta o colesterol ruim (LDL) e reduz o colesterol bom (HDL).

8 - Salgadinho: Trata-se de uma fonte de carboidrato apenas. Não possui nenhum valor nutricional. Os altos teores de sódio e gordura não irão alimentar seu filho, que irá engordar sem nutrir-se.

9 - Maionese: Outro alimento com muitas calorias e valor nutricional insignificante. Não há motivos para mantê-lo à mesa.

10 - Bolacha recheada: Composta substancialmente de gordura saturada e açúcar, não agrega valor à alimentação. Exclua do lanche, substituindo-a por aveia e iogurtes, por exemplo.

11 - Sorvete: Como já é sabido, é rico em açúcar, absorvido rapidamente pelo metabolismo e transformado-se em gordura. Consumido em excesso, em longo prazo pode comprometer artérias, provocando doenças vasculares capazes de afetar rins, coração e cérebro.

12 - Suco industrializado: Não se engane. Ainda que tentem parecer saudáveis por utilizar o termo ‘frutas’ na descrição de sua composição, os sucos em pó ou líquido pecam na quantidade de açúcar e corantes. Assim, devem ser incorporados à lista dos piores alimentos e banidos da dieta das crianças.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe nos comentários como é a alimentação dos seus filhos!

TAGS
alimentação infantil
aumento de peso
crianças

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ