Alimentação Infantil

08/11/2015 12:34 - Atualizado em 09/12/2016 10:37

Siga 5 hábitos de higiene alimentar e garanta a saúde do seu filho

As crianças tendem a ser ainda mais sensíveis e, por isso, é preciso cuidado na hora de escolher e manusear os alimentos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quando o assunto é higiene alimentar, vale o ditado: melhor prevenir que remediar. Em vez de ter que lidar com os desconfortos de uma intoxicação, os pais devem apostar em cuidados no manuseio e no preparo da comida. Confira algumas dicas para garantir a saúde de toda a família.

mulher lavando alface, um dos hábitos de higiene alimentar

5 hábitos de higiene alimentar para seguir

1. Escolha bem os alimentos

Ao comprar frutas e hortaliças, fique atento ao aspecto do produto. Partes amolecidas, alteração de cor, folhas e raízes murchas, cheiro ou consistência diferentes, perfurações ou enrugamento são sinais de que o vegetal não está bom para o consumo. Dê preferência para frutas e verduras da estação, assim você encontrará ingredientes mais frescos.

Já nos casos de produtos embalados, o cuidado também é essencial. Fique atento ao prazo de validade do alimento e se a embalagem está em perfeitas condições. Observe o local em que o item está armazenado e se há selos de garantia e registro.

2. Lave-os adequadamente

É importante que você tenha o costume de lavar os alimentos trazidos da feira ou do supermercado. Eles estão expostos a uma série de bactérias e podem causar problemas como intoxicação alimentar.

3. Refrigere, mas fique atento

Os produtos que demandam refrigeração - geralmente aqueles que tendem a estragar mais rápido - devem ser guardados na geladeira logo após a compra. Algumas frutas e hortaliças também devem ser resfriadas, a fim de evitar ressecamento ou apodrecimento.

Mas atenção: na própria geladeira pode haver proliferação de micro-organismos. Portanto, é fundamental que você mantenha o local sempre limpo e evite o excesso de produtos.

4. Tenha cuidado com comidas prontas

Especialmente em tempos de rotina agitada, os lanches prontos são uma opção prática, mas é preciso ter cuidado com a procedência desses artigos. Evite, por exemplo, comprar em estabelecimentos desconhecidos, que aparentem falta de higiene alimentar ou descuido com o manuseio da mercadoria Pegar dinheiro e lidar com a comida ao mesmo tempo já é uma atitude ruim.

5. Mantenha a higiene pessoal em dia

Para garantir uma alimentação mais saudável, especialmente entre as crianças, que tendem a ser mais sensíveis, a higiene pessoal é tão importante quanto a limpeza dos alimentos. Pessoas que manipulam a comida estão em contato direto e precisam lavar as mãos com frequência.

Saiba Mais
Alimentos congelados: Tenha praticidade sem abrir mão da saúde
Sucos naturais devem ser conservados de maneira correta
Cante e tire fotos para ensinar higiene bucal às crianças

Confira dicas do Ministério da Saúde

- Tomar banho todos os dias e manter-se limpo

- Manter as unhas limpas e cortadas

- Escovar os dentes após as refeições

- Usar roupas limpas

- Lavar as mãos antes de pegar em alimentos, antes de comer qualquer comida, depois de ir ao banheiro e depois de pegar em dinheiro, em algum objeto sujo ou em animais.

Ensine desde cedo a importância da higiene alimentar para os pequenos e evite problemas de saúde! Não deixe de nos contar o que você achou do artigo e de conferir outras dicas de alimentação infantil aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
manuseio de alimentos
lavar vegetais
conservação
boas práticas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ