Alimentação Infantil

19/05/2015 09:13 - Atualizado em 05/12/2016 07:57

Prato infantil deve ser colorido e saboroso

Legumes, verduras e frutas podem ser introduzidos de forma criativa no prato dos pequenos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Nem sempre é fácil alimentar os pequenos com qualidade. Muitas vezes, eles recusam a comida apenas pela aparência. É por isso que os pais podem exercitar a criatividade ao montar o prato infantil. Quanto mais colorida, misturada e atrativa for a refeição, mais estimuladas a comer as crianças se sentem.

Uma pesquisa conjunta da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, e da Universidade Metropolitana de Londres, na Inglaterra, confirmou que o prato infantil colorido e com variedade de ingredientes incentiva os pequenos a uma alimentação mais saudável. Quer aprender a deixar as refeições das crianças mais divertidas? Saiba como.

prato infantil

Crianças estão se alimentando mal

Nos últimos 30 anos, as crianças passaram a ingerir 179 calorias a mais por dia. Esse dado, publicado em uma pesquisa da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, também é refletido no Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o excesso de peso subiu 240% em 20 anos nas crianças e adolescentes.

Os motivos dessa realidade estão associados, em grande parte, ao consumo de alimentos industrializados e misturas prontas, e à falta de incentivo a um prato infantil natural. Em vez de frutas, legumes e verduras, as crianças cada vez mais trocam o saudável pela fast food, pelos biscoitos recheados e pelos salgadinhos.

A falta de tempo dos pais para preparar refeições nutritivas para os pequenos também é uma atitude que contribui para a obesidade infantil. Quando obrigam a criança a comer demais, dão guloseimas como “prêmio” por atitudes de obediência ou oferecem comida gordurosa em celebrações, estão estimulando também o excesso de peso.

Deixar que as crianças comam doces, bolos, refrigerantes e açúcar demais também pode ser perigoso. Da mesma forma, pratos prontos, de preparo em micro-ondas ou com muitos conservantes prejudicam o desenvolvimento saudável.

O que incluir no prato infantil?

Se é difícil agradar aos pequenos com as comidas saudáveis, então como é possível montar um prato infantil? Com um pouco de criatividade e disposição. Você sempre deve dar preferência a frutas, vegetais e alimentos integrais, mas nem todo produto industrializado faz mal.

Para os lanches, o leite fermentado é repleto de lactobacilos que ajudam no crescimento saudável das crianças, fortalecendo os ossos e proporcionando boa digestão. Porém, deve ser mantido na geladeira até o momento do consumo para não perder suas propriedades nutricionais.

Os iogurtes e achocolatados são fontes de proteína e cálcio, mas também devem ser ingeridos enquanto refrigerados.

Para chamar atenção dos pequenos ao prato infantil, pense em algumas formas diferentes de preparar as comidas que eles gostam. Por exemplo, com as frutas, você pode realçar o sabor com mel ou picar formando figuras no prato.

Os legumes podem ser colocados em um recipiente e misturados de forma colorida. Ponha cenoura, beterraba e brócolis, dispostos numa espécie de floresta. Com os vegetais e legumes, faça bolinhos, tortas e suflês usando pouca gordura.

Os cereais integrais podem ser adicionados como cookies caseiros, bisnaguinhas e pães. Procure receitas práticas, que se adequem ao seu tempo. O importante é garantir saúde através da alimentação saudável para os pequenos.

Tem alguma dica de prato saudável e prático? Conte para nós! E lembre-se que sempre tem novidade de alimentação infantil aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
crianças
lanche saudável
nutrição
alimentos práticos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ