Alimentação Infantil

29/03/2015 11:11 - Atualizado em 29/12/2016 09:40

Falta de apetite das crianças tem solução

A falta de apetite pode ser causada por problemas como vermes e doenças infecciosas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A falta de apetite, grande inimiga das mamães, causa estresse durante as refeições. Os pequenos, que nem sempre estão a fim de aproveitar os sabores de um prato de feijão, podem ter os sintomas motivados por doenças ou por birra. Veja como lutar contra a recusa e descubra quais são as principais atitudes que podem afetar a alimentação da criança.

As causas da falta de apetite

Ao contrário do que muitos pensam, ela nem sempre é ocasionada pela manha. O aparecimento de sintomas como dores de barriga, vômitos, diarreia e febre podem ser indícios de doenças, como infecções alimentares e vermes, que acarretam a falta de apetite. Para fugir desse problema, vá ao médico sempre que notar alterações no comportamento da criança.

falta-de-apetite

A falta de apetite comportamental, no entanto, é a famosa pirraça na hora de comer. Se o seu filho começa a apresentar mudanças comportamentais perto do horário do almoço, já fique de olho. As causas, nem sempre relacionadas a gostos particulares, podem ser justificadas por estresse ou agressividade.

Lute contra a falta de apetite

Você já pensou que pode ser culpado pela falta de apetite do seu filho? Atitudes como oferecer a mesma comida diariamente e servir grandes porções podem ser as causas dos problemas. Veja quais são as principais dicas para transformar a refeição em um momento tranquilo.

Dê pequenas porções

Prepare os pratos com cuidado. Coloque pequenas porções de cada alimento para que o pequeno possa provar todos eles. Assim, além de diminuir a fome, ele garante a ingestão de todas as vitaminas necessárias para a saúde e o bem-estar.

Aposte em uma dieta variada

A alimentação variada garante a descoberta de novos sabores a cada dia. Além de enjoar, o consumo dos mesmos alimentos torna a refeição um momento chato e sem graça.

Tenha horário

Não fique dando pequenos lanchinhos durante o dia. Isso pode aumentar a falta de apetite da criança durante as principais refeições.

Respeite os gostos

A criança tem os seus gostos alimentares e, mesmo que pareça birra, alguns alimentos realmente não agradam. Para evitar choros desnecessários, converse com o pequeno e identifique quais são os alimentos que ele detesta.

Alimente-se em um ambiente tranquilo

Sim, o ambiente interfere na alimentação. Na hora de comer, desligue a TV e converse com o seu filho. Faça comentários sobre como a comida está saborosa e especial.

Vá ao nutricionista

A conversa com o profissional é essencial na procura de alimentos que satisfaçam os gostos e as necessidades da criança. A partir da análise de exames, ele irá preparar uma dieta específica, contendo os alimentos mais importantes para o desenvolvimento saudável do pequeno.

O acompanhamento médico, além de importante durante esse período de crescimento, também auxilia na criação de bons hábitos, como o consumo abundante de água, verduras, frutas e legumes.

Gostou das dicas de alimentação infantil? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
refeição em família
apetite infantil
cardápio saudável
alimentação divertida

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ