Alimentação Infantil

12/06/2015 01:39 - Atualizado em 04/12/2016 05:23

Doação de leite materno contribui para a qualidade de vida dos bebês

Bebês que precisam de leite materno podem receber doações de mães com produção excedente.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O Brasil é o país com maior índice de doação de leite materno. No entanto, apenas 60% da demanda pelo líquido é atendida. Segundo dados do Ministério da Saúde, existem 215 bancos de leite e 98 postos de doação, porém somente o Distrito Federal possui leite suficiente.

Para suprir as necessidades ao redor do país, o ministério promove uma campanha de doação de leite materno. O objetivo é aumentar 15% do volume em um ano. Os bebês prematuros são o alvo dessa proposta, já que grande parte das mães ainda não consegue amamentar. Saiba por que o leite materno é tão importante e conheça o processo de doação.

doacao de leite materno

Quem pode participar da doação de leite materno?

Em geral, as mulheres que doam seu leite são as lactantes cuja produção é maior que o necessário para seu próprio bebê. Nesse caso, elas se dirigem a um Banco de Leite Humano e realizam a doação de leite materno. Para fazer o procedimento, é necessário estar em plenas condições de saúde, apresentar excesso de leite e não utilizar medicamentos hormonais.

Existem bancos e postos de coleta em todo o país. Basta que a mulher se apresente em um dos locais oficiais e realize o procedimento. O leite deve ser retirado após o bebê mamar ou enquanto as mamas estiverem cheias. Na retirada do líquido, a mulher deve estar em um local limpo, tranquilo e longe de animais.

O ideal é que a mulher esteja com os cabelos presos com touca ou lenço durante a retirada do leite. Conversas devem ser evitadas, também, para impedir que secreções impurifiquem o líquido. As mãos e os antebraços devem ser lavados com água e sabão para evitar contaminação de vírus e bactérias.

Como retirar o leite materno para doação?

Para fazer a doação de leite materno, a mãe deve massagear as mamas de forma suave e em círculos. Com a polpa dos dedos, ela começa a estimular a aréola de modo circular. De preferência, o leite deve ser retirado de modo manual pela própria doadora.

Primeiro, a mãe coloca o polegar e o indicador na parte onde começa a aréola, firmando os dedos e empurrando-os para trás, na direção do corpo. Comprimindo suavemente um dedo no outro, o movimento é repetido várias vezes até que o leite saia. Os primeiros jatos devem ser descartados e, depois, o líquido é depositado em um frasco de vidro esterilizado.

Se houver dificuldade em fazer a retirada durante o processo de doação de leite materno, os Bancos de Leite Humano podem oferecer auxílio médico especializado.

doacao de leite materno

O frasco com leite doado é armazenado no congelador ou no freezer e pode permanecer lá por um período de até 15 dias. O alimento passa por processos de seleção, classificação e pasteurização antes de ser distribuído para os bebês que precisem do leite e estejam internados em neonatais.

O objetivo da doação nos bancos é promover, proteger e apoiar o aleitamento materno para todas as crianças. O líquido é fundamental para o desenvolvimento sadio dos pequenos, fortalecendo a imunidade e melhorando as funções orgânicas.

O que você acha desse gesto? Conte para nós! E aproveite para conferir dicas de alimentação infantil aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
aleitamento
recém-nascidos
amamentação
doar leite

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ