Alimentação Infantil

29/09/2014 11:13 - Atualizado em 14/09/2016 08:00

Dieta gordurosa na gravidez pode explicar descontrole alimentar do filho

Estudo aponta que dieta gordurosa na gestação causa falha no hormônio que controla apetite da criança.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma dieta gordurosa antes e durante a gravidez pode comprometer a alimentação da criança no futuro, indica um estudo feito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

De acordo com a pesquisa, que analisou o comportamento de ratos de laboratório, a inclusão de alimentos gordurosos na dieta da mãe pode acarretar, na criança, falhas no controle do apetite durante a infância e depois na vida adulta.

dieta-gordurosa

Dieta gordurosa na gravidez: A pesquisa

As ratas tiveram uma dieta gordurosa com 29% das calorias provenientes da gordura, e seus filhotes apresentaram falhas no controle da alimentação e desenvolveram a obesidade. O objetivo de todo esse estudo é analisar o efeito que a dieta rica em gordura feita pela mãe pode influenciar na saúde do filho.

O resultado final foi que os filhotes apresentaram falha na leptina, hormônio responsável pelo controle de apetite. O problema é que essa falha mostrou estar presente não só na fase da lactação, mas na fase adulta também. Isso demonstra que a alimentação da mãe pode influenciar o controle alimentar de toda a vida do filho.

Após oito semanas, as ratas engravidaram e continuaram com a dieta gordurosa durante a gestação e amamentação. Os resultados demonstraram que o leite dessas ratas continha mais calorias, o que fez com que os filhotes desenvolvessem obesidade precoce.

O agravante foi que essa obesidade precoce possibilitou que se criasse uma falha na ação da leptina nos filhotes. Ou seja, apesar dos filhotes produzirem bastante leptina, eles criaram uma resistência a essa substância, o que fez com que comessem ainda mais.

Quando os ratinhos ficaram adultos, eles continuaram obesos e a falha de ação do hormônio regulador de apetite continuou se apresentando.

O preocupante é que esse estudo feito com os ratos mostrou que o mesmo pode acontecer com os seres humanos. Várias pesquisas já comprovaram que filhos de mães obesas possuem maior probabilidade de desenvolver a obesidade.

Os reais riscos da dieta gordurosa na gestação

Mas o problema não é apenas a doença específica, e sim tudo o que vem com ela. Pessoas obesas podem ter problemas graves de saúde, como diabetes, doenças cardiovasculares, alterações comportamentais, hipertensão, entre outros.

A dieta gordurosa muitas vezes está associada a hábitos alimentares errados desenvolvidos na família. É importante que os pais dêem o exemplo aos filhos, mostrando que se deve consumir muitas frutas, verduras, vegetais, a fim de se ter saúde e qualidade de vida.

A questão problemática é o crescimento significativo da obesidade entre as mulheres, principalmente as que estão em idade reprodutiva. Esse fato reflete na obesidade infantil, tornando-se um problema de saúde pública.

Por isso, é de extrema importância que as mães deixem a dieta gordurosa de lado e cuidem de seu peso, para que seus filhos possam crescer com saúde.

Gostou da matéria? Comente o que achou! Quer mais? Curta a página Vivo Mais Saudável no Facebook.

TAGS
dieta
gordura
crianças
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ