Alimentação Infantil

04/01/2016 12:00 - Atualizado em 29/12/2016 05:47

Crianças francesas são tão saudáveis: Qual o segredo?

Horários determinados, quantidades moderadas e alimentos variados são algumas das regras dos franceses.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os franceses são conhecidos no mundo todo pela boa forma e boa alimentação, o que resulta em baixos índices de pessoas acima do peso, com obesidade, diabetes e hipertensão, quando comparado à população de outros países, como Estados Unidos e mesmo o Brasil. E tudo já começa na infância: até nas escolas, as crianças francesas seguem uma dieta saudável.

O segredo dos franceses passa por refeições com quantidades moderadas, compostas por alimentos naturais e frescos. Além disso, a realização de exercícios diariamente também é considerada essencial e a prática é incentivada desde muito cedo, fazendo parte da educação das crianças.

Crianças francesas adoram brincar

Alimentação das crianças francesas

Os cuidados com a alimentação das crianças francesas começa desde pequeninas. Nas escolas públicas, por exemplo, o cardápio é planejado com dois meses de antecedência e revisado por um nutricionista. Até as quantidades adequadas são definidas, fazendo uma média de açúcares, carboidratos, frutas, legumes e proteínas que devem ser consumidos durante o dia e a semana.

Praticamente todos os alimentos são preparados na hora, evitando opções industrializadas ou congeladas. Além disso, as frutas, legumes e carnes são provenientes de fontes locais, tentando fornecer, sempre que possível, itens orgânicos. Em geral, a única bebida oferecida durante a refeição é água (na França, água da torneira é sempre potável).

Os refeitórios também são bem organizados e os horários para as refeições são definidos e rigorosamente respeitados. Os franceses acreditam que comer um prato balanceado enquanto a criança senta tranquilamente é muito importante para o desenvolvimento infantil, ajudando na digestão e evitando uma baixa de energia depois da refeição.

Saiba Mais
Entenda por que as crianças francesas não fazem birra
Mantenha a disciplina das crianças sem ser autoritário
Superproteção prejudica a maturidade das crianças

A alimentação das crianças francesas chamou a atenção a canadense Karen Le Billon, casada com um francês, com quem tem duas filhas. Quando a família morou por um ano na França, Karen percebeu como a dieta das filhas era pobre em comparação às crianças francesas, que comiam de tudo, desde vegetais variados até alimentos mais difíceis para o paladar infantil, como mexilhões.

Com a convivência com a cultura local e os aprendizados, ela adotou mudanças significativas em seus próprios hábitos e nos das filhas. A experiência rendeu até um livro, chamado Crianças Francesas Comem de Tudo, em que a autora definiu as dez regras principais para criar filhos saudáveis e felizes à mesa, segundo os franceses.

Prática de atividades físicas

Além dos cuidados com uma alimentação saudável e balanceada, as crianças francesas também são estimuladas desde cedo a serem ativas e se movimentarem bastante. Os estudantes de Ensino Fundamental, por exemplo, tem três períodos de recesso durante o dia: um de 15 minutos pela manhã, um de 60 minutos depois do almoço, e outro de 15 minutos à tarde.

Esses intervalos são direcionados para fazer atividades ao ar livre, além de duas horas de ginástica por semana. Passeios e viagens de campo acontecem uma vez por semana, quando são feitas visitas à fazendas, a algum lago ou montanha - sempre caminhando, nada de carro ou ônibus. As crianças francesas ainda são incentivadas a caminhar ou pedalar pra ir e voltar da escola.

Gostou de saber mais sobre as crianças francesas e sua educação? Deixe um comentário! E se mantenha por dentro das novidades no Vivo Mais Saudável.

TAGS
refeições
educação
exercícios
nutrição

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ