Alimentação Infantil

29/09/2015 01:44 - Atualizado em 07/12/2016 11:43

Conheça 5 causas para a má digestão do seu filho

Hábitos à mesa podem dificultar o processo digestivo, causando azia e gases.

POR

Redação

  • +A
  • -A

É sempre complicado ver seu pequeno passando mal após uma refeição. Sensação de estômago pesado, gases, azia e sonolência são sintomas de má digestão. Porém, da mesma forma que na “gente grande”, ela pode ser prevenida e evitada com alguns cuidados simples.

Atenção aos detalhes

Esse mal-estar aparece em qualquer pessoa que exagere na quantidade de comida. O problema é que mesmo quem se alimente em porções adequadas não está livre de ter dificuldade para digerir as refeições. A maneira como se come também leva a possíveis causas para o quadro.

É por isso que o segredo está na atenção aos detalhes. A seguir, conheça algumas causas da má digestão infantil e saiba como evitá-las.

crianca com ma digestao vai ao médico

5 causas da má digestão

1.Comer rápido

A ansiedade pode ser algo comum nas crianças. Elas têm pressa para brincar ou passear, aí comem rápido. Essa é uma das causas mais comuns da má digestão.

Quando mastigamos, o organismo passa a liberar uma enzima responsável por facilitar a quebra do alimento e dar início ao processo de digestão. Por isso, é fundamental triturar bem a comida antes de engolir para dar tempo à ação da enzima e facilitar o trabalho do estômago. Caso contrário, ele fica sobrecarregado e a digestão, lenta.

Outro ponto importante é o tempo à mesa. O ideal são 20 minutos, o suficiente para que o intestino libere o hormônio que ativa o centro de saciedade cerebral depois que a pessoa começa a comer.

2.Comer muito

Além da rapidez, a quantidade exagerada também provoca uma digestão ruim. Uma acaba sendo consequência da outra, já que, como o cérebro não tem tempo de registrar o que está sendo ingerido, a criança come mais por achar que ainda não é o suficiente. O resultado é aquela sensação de peso e estufamento.

3. Postura à mesa

A maneira como a criança se posiciona à mesa também pode prevenir a má digestão. É que os órgãos do aparelho digestivo estão localizados na caixa torácica e, de acordo com a posição do corpo, eles podem ser comprimidos. Isso atrapalha o processo digestivo.

Comer deitado em frente à televisão, por exemplo, é um péssimo hábito. Falar durante a refeição também atrapalha o processo, além de favorecer complicações associadas a gases.

Saiba Mais
Aprenda 7 dicas caseiras para aliviar azia e má digestão
Doença de Castleman pode causar problemas digestivos e respiratórios
Leite materno congelado: Entenda como armazenar

4. Beber durante as refeições

Outra causa bem comum do problema é a ingestão de líquidos durante o almoço ou o jantar. As bebidas deixam o estômago cheio demais e isso causa mal-estar, pois o tempo da digestão se prolonga.

5. Jejum prolongado

Sabe aquela história de comer a cada três horas, em pequenas porções? Vale também para as crianças. O jejum prolongado pode causar azia, uma da consequências da má digestão.

Na área em que o esôfago é ligado ao estômago, há um órgão chamado esfíncter esofágico inferior, um anel que permite a passagem dos alimentos e permanece fechado quando não estamos comendo para impedir que os sucos gástricos subam.

Quando ficamos muito tempo sem comer, ó ácido gástrico produzido no estômago pode se acumular e refluir, irritando a parte final do esôfago e causando a queimação. Por isso, comer a cada três horas deixa o sistema digestivo funcionando, sem a sobrecarga de produção do ácido gástrico.

O que você achou do artigo? Deixe seu comentário! E continue ligado no Vivo Mais Saudável para conferir outras dicas de saúde e alimentação infantil.

TAGS
gases
azia
hábitos alimentares
refluxo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ