Alimentação Infantil

30/09/2015 11:29 - Atualizado em 08/11/2016 11:37

Avaliação nutricional garante um organismo mais saudável

Medidas como peso e altura da criança indicam se o crescimento está de acordo com o esperado.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma das maneiras mais seguras de cuidar da alimentação de seu filho e garantir um cardápio equilibrado é fazer uma avaliação nutricional. Com a orientação certa, a criança cresce com saúde e se desenvolve física e intelectualmente.

Esse diagnóstico deve ser feito por um profissional da saúde, um nutricionista ou um nutrólogo. O acompanhamento médico regular é importante, pois o pediatra pode verificar sinais de desnutrição ou de qualquer outro problema com o pequeno.

crianças que comem frutas têm boa avaliação nutricional

Como é feita a avaliação nutricional

O profissional irá providenciar a antropometria - medida do corpo - e também elaborar um questionário para os responsáveis pela criança. Para bebês com até 2 anos de idade ou com peso de até 16 quilos, é usada uma balança pediátrica mecânica para verificar o peso. Já o antropômetro horizontal mede o comprimento.

No caso das crianças maiores e dos adolescentes de até 19 anos, o peso é obtido por meio da balança de plataforma mecânica, a mesma que é usada pelos adultos. Para medir a altura, usa-se um antropômetro vertical.

Saiba Mais
Entenda a polêmica sobre Bela Gil e o lanche escolar
Sedentarismo e lanches prontos deixam as crianças obesas
Subnutrição põe em risco o futuro das crianças

Os dados utilizados para realizar a avaliação nutricional são basicamente peso, estatura ou comprimento e Índice de Massa Corporal (IMC), tudo de acordo com a idade da criança. Todos esses dados resultam em gráficos que são “lidos” e avaliados pelo profissional. Uma nutrição correta resulta num crescimento esperado para a idade.

Também são avaliadas outras medidas antropométricas, como a circunferência abdominal e do braço e as dobras cutâneas. Todos esses valores são seguidos de acordo com as informações do Manual de Avaliação Nutricional da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Para manter a alimentação de seu filho adequada, o mais importante é seguir uma dieta que contemple todos os nutrientes. As crianças precisam ser constantemente estimuladas a comer frutas, verduras e legumes, por exemplo.

Além da avaliação nutricional

Os familiares são o principal fator de influência na imposição de bons hábitos alimentares. É aquela boa e velha história de que os adultos são exemplos para tudo. Com a alimentação não é diferente. Com refeições em família, também há menos riscos de o pequeno desenvolver transtornos alimentares e agressividade.

Por isso, para que possam ajudar seus filhos, os pais devem eles mesmos passar por um processo de reeducação alimentar. Mesmo com a correria do dia a dia, é possível recorrer a alternativas saudáveis e realizar lanches nas horas certas, basta um pouquinho de disciplina.

Busque sempre orientação especializada, caso tenha dúvidas quanto à alimentação de seu filho. Um nutricionista ajudará a montar o cardápio ideal, contemplando frutas, verduras, legumes e os tipos de carne mais adequados.

Como você garante uma alimentação adequada para seu filho? Conte para nós! E continue ligado nas dicas de saúde e nutrição do Vivo Mais Saudável.

TAGS
nutrição infantil
crescimento saudável
IMC infantil
nutricionista

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ